Arquivo para Colorado Ithaca

De volta aos trabalhos…

Posted in Cervejas em geral, Harmonizações, HomeBrewer, Novidades Cervejeiras with tags , , , , , on janeiro 31, 2012 by cervejasbrasil

Aos amigos cervejeiros que acompanham o blog devo desculpas pela ausencia de post nestes 4 meses. A falta de tempo para compartilhar as brejas degustadas nos ultimos 4 meses me fez acumular uma lista de cervas que merecem muita atenção.

Para o bem da nação, hoje podemos contar com inumeros blogs cervejeiros em que as experiencias são compartilhadas.

O breve post de hoje é dedicado a 4 brejas grandiosas que pude degustar em 2011 e que com certeza irei repetir a experiencia: Escuras, Complexas e Deliciosas!

Bravo Imperial Porter, Colorado Ithaca,  Bierland Imperial Stout e SmedGard Double Imperial Stout.

Bravo Imperial Porter

Para quem ainda não conseguiu provar, esta é uma cerveja mineira, produzida pela Backer pertence à serie Extreme que conta com  a assinatura do mestre Paulo Schiaveto.

A breja é  maturada em barris de Umburana que a torna ainda mais peculiar, a madeira está bem presente no arôma. O s 9% de teor alcoolico se apresentam de forma agressiva e podem assustar.  OS maltes escuros remetem a café e um leve chocolate mais amargo que sugerem uma surpreendente harmonização com sobremesas a base de chocolate.

Em Minas Gerais é fácil encontrar e o preço é excelente.

 

Colorado Ithaca.

Esta foi uma breja que me agradou muito. Mais uma obra de arte da cervejaria Colorado. Apesar de seus 10,5% de Alcool e 60 de IBU é uma cerveja equilibrada.  Os aromas vão dos maltes tostados à leve toque de baunilha. Bem complexa.  A breja leva rapadura preta na receita. Foi muito badalada pela dificuldade de ser registrada no MAPA e fez bonito quando chegou aos copos. Grandiosa.

Apesar de ter um custo elevado, é uma das brejas pelas quais vale a pena investir na degustação.

 

Bierland Imperial Stout

Mais uma deliciosa cerveja Brasileira. Bem mais suave e discreta que as brejas selecionadas para este post, mas isso me chamou atenção. Apresenta  tons tostados que remetem a café, caramelo e chocolate amargo , como se é esperado mas sem ser agressivo. Com 7% de teor alcoolico é fácil de ser degustada.  Na ocasião optei pelo contraste harmonizando com queijo Gorgonzola que ajudou a evidenciar ainda mais o sabor de chocolate.

Em geral tem ótimo preço no mercado cervejeiro embora não seja tão fácil de ser encontrada.

 

Pra fechar não poderia ser outra:

SmedGard Mordor Double Imperial Stout.

Obs: Cara feia e hurros são tradicionais nas degustações de SmedGard

Já adianto que esta é para aqueles que procuram cervejas extremas.

Com 13% de teor Alcoolico e nada menos que 172 de IBU esta é uma das bebidas mais insanas que já provei. O álcool ainda passa tranquilo meio a um ótimo corpo tostado. Mas o amargor… Não dá pra beber mais nada depois desta monstruosa cerveja caseira. Esta sim é uma cerveja marcante.

Apesar de toda maldição que esta breja carrega consigo, é uma daquelas garrafas que você sempre reclama de ser pequena ou so ter uma. Para minha felicidade ainda tenho uma.

Produzida pelos pagãos Dino e Daniel, as cervejas Smedgard são limitadas e muitas vezes de dificil acesso. Comprei as brejas diretamente com os vikings e ainda tenho uma garrafa que pretendo registrar em video a degustação. Aos interessados em provar a breja, em breve farei um post exclusivo sobre a Mordor e postarei mais os contados adequadamente.

 

Para nossa felicidade a última boa notícia do mercado cervejeiro é a produção da cerveja Dum Petroleum em escala industrial. A cervejaria Wäls é a responsável por este presente aos caçadores de cervejas brasileiras. Mais uma badalada Imperial Stout se tornará mais acessível.

Espero que este post possa ter ajudade de alguma forma os amigos que possuem curiosidade sobre algumas destas brejas citadas.

E que em 2012 as degustação sejam tão grandiosas quanto 2011. As Cervejarias Brasileiras estão fazendo sua parte!

Saúde a todos.

Anúncios

Grandes Obras Nacionais: Vintage Nº1 e Colorado Ithaca

Posted in Comercio de Cervejas, Novidades Cervejeiras with tags , , on setembro 6, 2010 by cervejasbrasil

O primeiro post não poderia ser sobre outras cervejas senão as aclamadas Vintage nº1 da Biertruppe e a cobiçada Colorado Ithaca. São duas pérolas da cerveja nacional.

A Vintage nº1 é  uma Barley Wine maturada em barris por 100 dias, foi produzida pelos revolucionários cervejeiros da Biertruppe, Leonardo Botto, Alexandre Bazzo, Edu Passarelli e André Clemente:

  Biertruppe Vintage Nº1

Durante o processo de maturação, a cerveja recebeu a visita de ninguém menos que o grande    Randy Mosher:

Nos links abaixo você poderá conferir impressões de especialistas sobre a Cerveja:

http://edurecomenda.blogspot.com/2010/06/biertruppe-vintage-n1.html

http://blogs.estadao.com.br/bob/tag/barley-wine/

Você pode também consultar essa bela dica de harmonização sugerida pelo blog Gastrobirra

http://gastrobirra.wordpress.com/2010/07/24/biertruppe-n%c2%b0-1-x-granola-cookie-x-brownie/

Envasada pela cervejaria Bamberg de São Paulo pode ser encontrada em muitas partes do sudeste, em Minas Gerais, adquiri dois exemplares na Mamãe Bebidas, uma loja Cervejeira das mais completas na capital mineira. A cerveja pode ser encontrada também em Bares cervejeiros do Brasil. A cerveja custa em média R$20,00

Já a Colorado Ithaca é uma Imperial Stout com rapadura preta.

                                                                                                                 Colorado Ithaca – Com rapadura preta

O uso de adjuntos tipicamente brasileiros já é tradicional nas cervejas da Colorado. O grande Marcelo Carneiro não para de ter boas idéias que enchem de orgulho os cervejeiros brasileiros que assistem  a cada dia a ascensão das cervejas tupiniquins no cenário mundial.

Mais detalhes sobre a cerveja podem ser visto no blog especializados abaixo:

http://beerarchitecture.wordpress.com/2010/08/18/colorado-ithaca-a-catarina-iria-pedir-mais/

Conversando com a funcionária da cervejaria ,Bia Amorim consegui uma lista de lugares onde podemos comprar a cerveja:

AMPARO: Bar do Dell;

BRASILIA: Emporio Soares e Sousa;

CAMPINAS: Bar do Italiano, Nosso Bar;

JUNDIAI: Armazém Neno;

MOGI DAS CRUZES: Emporio Offer, Emporio Frial, Mundo Bier;

 RIBEIRÃO PRETO: Êxodos, Zaira Presentes, Casa Damasco, Varejão Cenourão,

Emporio Biergartem, Joe Beer, Armazém Geral, Museu da Gula, Duets Restaurante,

Theotonio Restaurante, Ristorante Del Cacciatore, Hotel JP, Cervejarium;

SANTOS: Pizzaria Sétima Avenida;

 SÃO BERNARDO: Empório Maggiori, Empório do Bacalhau;

 SÃO PAULO: Delicatesen Carmignani, Frangó, Restaurante Mocotó, Casa Lisboa, Emporio Carmignani, Empório Frei Caneca, Casa da Cerveja, Empório Alto dos Pinheiros, Empório Perdizes, Empório

Sagarana, Melograno Forneria & Empório de Cerveja, Villa Grano;

SERTÃOZINHO: Emporio Santa Fé.

RIO DE JANEIRO: Zamboni 44, Premiun Brands;

BH : Mamãe Bebidas , Frei Tuck Slow Bier

É verdade que o maior número de opções disponibilizados são do estado de SP, mas vale a dica para ficar atento caso esteja numa dessas cidades e queira adquirir essa produção valiosa e limitada. Os preços variam de R$45 a R$ 60 Reais.

A cerveja pode ser comprada também no site da cervejaria: http://www.cervejariacolorado.com.br

 Espero que esta modesta contribuição te ajude a adquirir uma destas pérolas. Obras como essa merecem todo reconhecimento e você merece provar!

Boas Cervejas